PROCON atende mais de mil pessoas no primeiro trimestre

14/04/2016 15:06

Relatório aponta 19 casos diários

Hugo Batista

A unidade do PROCON de Jacarezinho fechou os três primeiros meses do ano de 2016 com 1.166 atendimentos. A principal queixa continua sendo serviços com 827 (70%). Sendo seguida por assuntos financeiros 231 (19%) dos atendimentos no local. O levantamento foi realizado entre os dias 01 de janeiro e 31 de março.

A chefe de Divisão do PROCON, Maiara de Souza Guimarães, ressalta que apesar dos serviços ser um dos maiores pontos em reclamação, a situação é solucionada via atendimento geral. "Não precisamos abrir um processo administrativo ou notificação formal, conseguimos solucionar o problema por telefone ou e-mail", comenta.

O Diretor Geral do PROCON Walter José Contar Junior explica que em contrapartida as instituições financeiras são acionadas, na grande maioria, via notificação formal. "O objeto dessas reclamações, em regra, consiste no pedido de boleto para quitação antecipada de contratos de outorga de crédito (empréstimo)", ressalta.

O atendimento diário na unidade é de 19 situações. Neste período, além de moradores de Jacarezinho também foram atendidas pessoas de Cambará, Carlópolis, Santo Antônio da Platina, Salto do Itararé, Bandeirantes e Wenceslau Braz.

O prefeito Sérgio Eduardo de Faria, Dr. Sérgio, destaca que é importante o cliente entrar em contato com o fornecedor, pois muitas vezes a situação pode ser solucionada rapidamente. "Caso não tenha efeito isto, é importante que o consumidor procure o órgão para poder intermediar. Os funcionários realizam um grande trabalho e irão auxiliar", analisa Dr. Sérgio. A pessoa que se sentir lesada pode procurar o PROCON que fica na Rua Antônio Lemos, 916, na área central de Jacarezinho ou pelo telefone: (43) 3911-3100.

 

 

 

 

Marcos Junior